Chá Para Pressão Alta, Funciona?

Taí outra questao que acho muito valido a gente esclarecer neste espaço uma vez que é uma fala recorrente de pacientes na Atençao Primaria. O motivo maior dessa fala se dá pelo fato de que muito pacientes se tornam resistentes ao tratamento medicamentoso ou entao muitos ainda acreditam na antiga formula magica principalmente dos mais experientes que é o uso de chazinho para baixar a pressao ao inves de tomar os medicamentos prescritos.

Mas afinal de contas, tomar chá para baixar a pressao funciona ou não? Fiz uma pesquisa em diversas publicacões do Ministerio da Saúde e alguns artigos cientificos e pouca coisa encontrei. Mas pode-se chegar a conclusao que pouco se sabe ainda do ponto de vista cientifico sobre o efeito de chas na hipertesão, e que os pacientes devem ter um certo cuidado quando decidem trocar o tratamento medicamentoso pelo uso de chas.

chá para pressao

O Chá Verde 

Encontrei um estudo que se refere ao chá verde como aliado no combate a Hipertensao arterial. Desde a antiguidade, as plantas são utilizadas como produtos terapêuticos. O chá, é a forma mais popular utilizada dos diferentes produtos de origem vegetal, sendo rico em compostos biologicamente ativos que contribuem para a prevenção e o tratamento de diversas doenças.

O chá verde é produzido a partir das folhas, com baixo grau de fermentação, da planta Camellia sinensis. Nos últimos anos, este chá ganhou considerável atenção, pois seu consumo tem sido associado à redução dos problemas de circulacao e coraçao. No Japao foi realizada uma pesquisa onde 40.530 japoneses foram acompanhados prospectivamente durante 11 anos, os indivíduos que consumiam 5 ou mais xícaras de chá verde/ dia em comparação com os que consumiam menos de 1 xícara/dia apresentaram um risco 16% menor de mortalidade por todas as causas e 26% menor de mortalidade cardiovascular.

Os benefícios do chá verde são atribuídos à presença de flavonoides, em sua composição. Os flavonoides são compostos polifenólicos que apresentam, dentre outras propriedades, efeito antioxidante e anti-inflamatório, podendo ser encontrados em frutas e verduras. O chá verde é uma excelente fonte de flavonoides, principalmente as catequinas. Além das catequinas, a composição química do chá verde também inclui proteínas (15%), aminoácidos (4%), fibras (26%), outros carboidratos (7%), lipídios (7%), pigmentos (2%) e minerais (5%)4.

Efeitos do chá verde sobre a pressão arterial

Os efeitos do consumo de chá verde sobre a pressão arterial ainda não são completamente conhecidos. Estudos observacionais que avaliaram a associação entre consumo de chá verde e pressão arterial produziram resultados conflitantes. Em alguns determinados estudos, o consumo de chá verde se associou a níveis mais baixos de pressão arterial, enquanto em outros não foi relatada nenhuma associação. Em uma relacao de estudos incluindo chá verde e chá preto, o consumo de chá não se associou com redução da pressão arterial. As evidências observacionais mais robustas de um possível efeito anti-hipertensivo do chá verde derivam de um estudo de coorte, onde o consumo habitual de chá verde ou oolong (120ml/dia durante 1 ano) se associou com menor risco de desenvolvimento de hipertensão.

Agudamente, o chá verde aumenta a pressão arterial. Um dos ingredientes do chá verde com efeito pressor agudo é a cafeína, entretanto, o aumento agudo sobre a pressão arterial é maior do que o aumento quando a mesma quantidade de cafeína é ingerida isoladamente. Não se conhece qual é o outro ingrediente do chá verde responsável pelo aumento da pressão arterial16. Os chás contêm quantidades significativas de cafeína, estima-se que uma xícara (175ml) de chá contenha 40-60mg, enquanto 1 xícara (175ml) de café contém 65-100mg. Apesar de haver uma grande variabilidade, geralmente existe uma quantidade de cafeína bem menor no chá verde do que no chá preto.

Os estudos a curto prazo avaliando os efeitos do chá verde sobre a pressão arterial revelaram resultados inconsistentes. Em um estudo com duração de 2 meses, o grupo de intervenção foi orientado a utilizar diariamente 1 pacote de extrato de chá verde/ dia, contendo 544mg de polifenóis (456mg de catequinas). Ao final dos 2 meses, não foram observadas reduções significativas nos níveis de pressão arterial no grupo de intervenção em comparação com o outro grupo. Em outro estudo, envolvendo 111 adultos saudáveis, foram administradas cápsulas padronizadas e descafeinadas de Camellia sinensis 2 vezes por dia durante 3 semanas, sendo observada redução significativa da pressão arterial sistólica e da diastólica.

Os polifenóis induzem vasodilatação dependente do óxido nítrico em artérias isoladas, com relaxamento do músculo liso vascular, e consequente efeito anti-hipertensivo. Apesar do chá verde ser rico em polifenóis, também possui cafeína, o que pode interferir no efeito deste chá sobre a pressão arterial.

Contudo, conclui-se que as pesquisas com o chá verde revelam de forma crescente seu efeito benéfico em alguns estados patologicos. Ele possui uma grande variedade de mecanismos com ações protetoras do coracao. Seu consumo regular parece ter impactos benéficos para a saúde humana, incluindo ação antioxidante, melhora da função endotelial e redução do risco de doença cardiovascular.

Com isso, é importante a elaboração de mais estudos para investigar e aprofundar os conhecimentos sobre o chá verde e nao podemos afirmar que de fato usar esse tipo de substancia reduz a pressao arterial e que muito menos é possivel substituir a pratica de ingestao de chas pelo tratamento convencional instituido por um profissional medico e assistido pelo demais profissionais da saude.

Tenha um dia fantastico!!

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta