Dieta Para Hipertensão

O estilo de vida é obviamente um dos maiores responsáveis pela alta incidencia da hipertensão arterial sistêmica (HAS) na populaçao brasilleira como um todo. Entre os aspectos associados estão principalmente os hábitos e atitudes que colaboram para o aumento do peso corporal, especialmente associado ao aumento da obesidade entre os orgaos abdominais; alto consumo energético; e excesso ou deficiência de nutrientes, associados ao padrão alimentar, baseado em alimentos industrializados.

Entre os hábitos de vida, a alimentação ocupa um papel de destaque no tratamento e prevenção da pressao alta. Uma alimentação inadequada está associada de forma indireta a maior risco cardiovascular, que pode, ainda, ser associado a outros fatores de risco como obesidade, colesterol alto e pressao alta. Várias modificações na alimentacao demonstram benefícios sobre a pressao arterial, como a redução da ingestão de sal e álcool, redução do peso e possivelmente aumento no consumo de alguns micronutrientes, como potássio e cálcio.

Pressao Alta X Peso Corporal 

O excesso de peso tem forte relacao com o aumento da pressao. Todos hipertensos que estao acima da média do peso normal, devem comecar um programa de reducao de peso de modo a alcançar o Indice de Massa Corporal (IMC) ideal, em razao da associacao com o risco cardiovascular aumentado.

calcular-seu-IMC

As recomendaçoes para reduçao de peso são dieta e atividade fisica.

Como Manter Uma Dieta? 

  • Evite dietas “milagrosas”
  • Substitua gorduras animais por oleos vegetais;
  • Evite acucar e doces;
  • Retire o saleiro da mesa e use temperos naturais
  • Evite frituras
  • Consumir alimentos fonte de fibras, como: frutas, cereais integrais, hortaliças, legumes, etc. Preferencialmente consuma-os crus.

O Que É Bom Para O Hipertenso? 

  • Aumentar a ingestao de potassio pela escolha de alimentos como: feijoes, ervilha (sem ser em conserva), vegetais de cor verde escuro, banana, melao, cenoura, beterraba, frutas secas, tomate, batata inglesa e laranja. Essa indicacao se justifica pela possibilidade de o potassio exercer efeito anti hipertensivo e ter acao protetora contra danos no coraçao.
  • Prepara todos os alimentos sem sal;
  • Usar temperos naturais a vontade, como: limao, alho, cebola, cheiro-verde, oregano, coentro, majericao, etc.
  • Para temperar as saladas, use azeite de oliva ou oleo de canola;
  • Dar preferencia às carnes brancas (peixe e frango) e a carne magra de boi.
  • Procurar trocar o pao salgado por pao-doce ou bolacha doce. Consumir no maximo, um pao frances (com sal) por dia;
  • Consumir verduras, legumes e frutas diariamente. E sempre que possivel, consumi-los crus;
  • Para preparar os alimentos, use de preferencia oleo de soja, milho ou girassol;
  • Preparar alimentos grelhados, assados, refogados ou ensopados e sempre com pouco oleo, evitando frituras ao maximo;
  • O uso de leite e seus derivados é permitido, desde que o queijo seja sem sal (queijo branco ou ricota);
  • Diminuir ou, de preferencia, eliminar o uso de bebidas alcoolicas;
  • O consumo de café tem que ser, no maximo, 3 xicaras pequenas por dia.

Dez Passos Para Uma Alimentação Saudável Para Pessoas Com Hipertensão

  1. Procure usar o mínimo de sal no preparo dos alimentos. Recomenda-se para indivíduos hipertensos 4 g de sal por dia (uma colher de chá), considerando todas as refeições.
  2. Para não exagerar no consumo de sal, evite deixar o saleiro na mesa. A comida já contém o sal necessário!
  3. Leia sempre o rótulo dos alimentos verificando a quantidade de sódio presente (limite diário: 2.000 mg de sódio).
  4. Prefira temperos naturais como alho, cebola, limão, cebolinha, salsinha, açafrão, orégano, manjericão, coentro, cominho, páprica, sálvia, entre outros. Evite o uso de temperos prontos, como caldos de carnes e de legumes, e sopas industrializadas. Atenção também para o aditivo glutamato monossódico, utilizado em alguns condimentos e nas sopas industrializadas, pois esses alimentos, em geral, contêm muito sódio.
  5. Alimentos industrializados como embutidos (salsicha, salame, presunto, linguiça e bife de hambúrguer), enlatados (milho, palmito, ervilha etc.), molhos (ketchup, mostarda, maionese etc.) e carnes salgadas (bacalhau, charque, carne seca e defumados) devem ser evitados, porque são ricos em gordura e sal.
  6. Diminua o consumo de gordura. Use óleo vegetal com moderação e dê preferência aos alimentos cozidos, assados e/ou grelhados.
  7. Procure evitar a ingestão excessiva de bebidas alcoólicas e o uso de cigarros, pois eles contribuem para a elevação da pressão arterial. 8. Consuma diariamente pelo menos três porções de frutas e hortaliças (uma porção = 1 laranja média, 1 maçã média ou 1 fatia média de abacaxi). Dê preferência a alimentos integrais como pães, cereais e massas, pois são ricos em fibras, vitaminas e minerais.
  8. Procure fazer atividade física com orientação de um profissional capacitado.
  9. Mantenha o seu peso saudável. O excesso de peso contribui para o desenvolvimento da hipertensão arterial.

Fonte: (Caderno da Atençao Basica n 37, 2013, Ministerio da Saúde)

Com estes cuidados, voce estará contribuindo para o sucesso do tratamento anti hipertensivo prescrito pelo seu medico, e melhorando sua qualidade de vida.

Tenha um dia fantastico!!!

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta