Insulina, o que é?

A Insulina é um hormonio produzido no pancreas que é necessario ao metabolismo normal de carboidratos, proteinas e de gorduras. Ela é fundamental para transformar carboidratos, proteinas e gorduras, e leva-las para dentro das celulas do corpo humano para que tenhamos energia. Quando não existe insulina, principalmente os carboidrato sao transformados em acuçar (glicose) e como nao conseguem entrar nas celulas ficam em excesso na corrente sanguinea aumentando a glicose no sangue.

Pancreas
Pancreas

Pessoas com diabetes tipo 1 não produzem quantidade sufuciente de insulina e necessitam de tomar esse hormomio para sobreviver. Já pessoas com diabetes tipo 2, apesar de em um primeiro momento nao precisarem de tomar insulina para manutencao da vida pois produzem insulina em seu pancreas, em algum momento da vida podem necessitar dessa suplementacao.

Quais os tipos de Insulina?

Existem vários tipos de insulina no mercado. Insulinas de acao rapida, de acao intermediaria, pre-misturada e analogos de insulina. A insulina pode ser obtida do pancreas de suinos, modificados ou nao; ou entao, obtidas quimicamente, identicas a insulina humana por meio da tecnologia de DNA recombinante.

  • Insulina de ação rápida: é também conhecida como insulina simples, regular ou cristalina. Sua ação é idêntica à insulina produzida pelo organismo. Seu início de ação se dá em 30 minutos, seu pico em torno de 2 horas e seu tempo de ação em aproximadamente 8 horas.
  • Insulina de ação intermediária: é uma insulina obtida a partir da mistura  de uma substância chamada protamina, a qual confere uma acao prolongada. O início de ação da insulina se dá em torno de 1 hora, seu pico de ação entre 4 a 12 horas e seu tempo de ação pode chegar a 20 horas.
  • Insulina pré-misturada: são insulinas também conhecidas como insulina bifásica, pelo fato de possuir no mesmo frasco insulinas com tempo de acao e duração diferentes. Geralmente é uma associação de insulina ultra-rápida ou rápida com uma insulina de ação lenta. Apresenta um início de ação em 15 a 30 minutos, um pico de ação em 2 horas e um novo pico de ação entre 4 a 12 horas, sendo que sua duração pode chegar a 20 horas.
  • Análogos de insulina: são insulinas obtidas a partir da modificação da molécula de insulina por tecnologia do DNA recombinante. Todavia confere os mesmos efeitos da insulina humana regular no que se refere ao controle glicêmico. As insulinas análogas trouxeram uma grande contribuição para o tratamento do Diabetes devido as suas características de ação ultrarrápida (com início de ação em 15 minutos, pico de ação de 30 a 90 minutos e duração de até 4 horas) e de ação prolongada. A insulina de ação prolongada melhorou a adesão do paciente ao tratamento, uma vez que mantém uma liberação constante de insulina por até 24 horas e reduz o número de aplicações.

As insulinas mais comuns e disponíveis no SUS são as de ação rápida (regular) e as de ação intermediária (Neutral Protamine Hagedorn – NPH). A insulina regular está indicada em casos de emergência, como a cetoacidose, gravidez e trabalho de parto e em combinação com insulinas de ação média ou prolongada para pacientes de dificil controle da glicemia. A insulina NPH, é utilizada em tratamento de manutenção para o controle glicêmico dentro dos parametros da normalidade.

As insulinas NPH e Regular são insulinas humanas, fabricadas por engenharia genética por bactérias ou leveduras e super-purificadas. A insulina regular é idêntica à insulina humana na sua estrutura. A insulina NPH é associada a duas substâncias (protamina e o zinco) que promovem um efeito prolongado.

As insulinas mais modernas, chamadas de análogas, são produzidas a partir da insulina humana e modificadas de modo a terem ação mais curta (Humalog, NovoRapid, Apidra) ou ação mais prolongada (Lantus e Levemir).

Picos Ação Insulina
Picos Ação Insulina

As insulinas também podem ser apresentadas na forma de pré-misturas. Há vários tipos de pré-misturas: Insulina NPH + insulina Regular, análogos de ação prolongada + análogos de ação rápida. Nessas pré-misturas temos que, por exemplo, no caso da insulina Humulin, 10 unidades da mistura contêm 7 unidades de NPH e 3 unidades de Regular.

As insulinas podem vir em frascos e  canetas. Os frascos são de 3mL (usados em canetas de aplicação de insulina) e de 10mL (para uso com seringas de insulina).

As canetas podem ser descartáveis ou reutilizáveis.

INSULINAS
INICIO PICO DURACAO ASPECTO
Acao rapida
Regular 30-60 minutos 2-3 horas 8-10 horas cristalino
Acao intermediaria
NPH 2-4 horas 4-10 horas 12-18 horas turvo

Fonte: Caderno de Atencao Basica, 36, Ministerio da Saude, pag 55

Na tabela entende-se inicio como o momento que irá começar a fazer efeito no organismo, Pico como o momento maximo de acao no organismo (acao plena), Duraçao como o tempo total em que a medicacao age no organismo e Aspecto como de fato consegue-se ver como é a susbtancia a ser aplicada.

insulina-nph-sus-diabetes

Todo paciente em uso de insulina recomenda-se que seja feito controle rigoroso da glicemia capilar com um glicosimetro.

Espero que tenham gostado. Compartilhe e deixe comentarios abaixo!!!!

Fonte:

http://www.anad.org.br/

http://www.diabetes.org.br/

ATENCAO: O objetivo deste artigo é apenas informativo para conhecimento principalmente para pacientes diabeticos. Mudanças em formulacoes e dosagens de insulina podem afetar o controle glicemico e so podem ser realizadas pelo MËDICO responsavel pelo tratamento

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta